pipoca perfeita

 

Posso desafiar você? Qual foi a primeira vez que comeu pipoca em sua vida? Eu não consigo me lembrar ao certo, para mim parece que comi pipoca desde sempre, desde que nasci. O carrinho do pipoqueiro na saída da igreja aos domingos, a escolha certa nas festas juninas, o barulho de ploc, ploc vindo da cozinha aos domingos, o saco de pipoca no cinema… Isto é pipoca.  Isto são marcas da minha vida – e imagino que também você tenha memórias relacionadas à pipoca. À pipoca perfeita da sua vida.

Este preparo simples e até banal, também esconde seus segredos. Pipoca boa é aquela que estoura com facilidade, revelando lindas flores comestíveis e deixando o mínimo possível de piruás. Mas como fazer isto? Qual é o segredo da pipoca perfeita?

É sobre isto que falamos no vídeo de hoje do A Dica do Dia. Vamos conferir?

O SEGREDO DA PIPOCA PERFEITA

Simples, né? A pipoca perfeita é mais fácil do que imaginamos. Além disto, super recomendo que vocês experimentem um destes sabores do vídeo para aproveitar o feriado ou mesmo fazer uma graça a mais nas festas juninas.

E, para terminar, coloco um texto do Rubem Alves muito adequado ao tema “Pipoca”, quanto às transformações pelas quais passamos na vida. Não precisamos ser “a pipoca perfeita”, porém temos que nos ver como pipoca. Não sei se já conhecem, mas vale muito a pena ler e refletir sobre ele.

O FOGO QUE NOS TRANSFORMA 

– Por Rubem Alves –

Como o milho duro, que vira pipoca macia, só mudamos para melhor quando passamos pelo fogo: as provações da vida.
A transformação do milho duro em pipoca macia é símbolo da grande transformação por que devem passar os homens, para que eles venham a ser o que devem ser. O milho da pipoca somos nós: duros, quebra-dentes, impróprios para comer, mas que, pelo poder do fogo, podemos, repentinamente, voltar a ser crianças!

Mas a transformação só acontece pelo poder do fogo. O milho de pipoca que não passa pelo fogo, continua a ser milho de pipoca. Assim acontece com a gente. As grandes transformações acontecem quando passamos pelo fogo. Quem não passa pelo fogo fica do mesmo jeito, a vida inteira.

O fogo é quando a vida nos lança em uma situação que nunca imaginamos. Pode ser fogo de fora: perder um amor, perder um filho, ficar doente, perder um emprego, ficar pobre.

Pode ser fogo de dentro: pânico, medo, ansiedade, depressão – sofrimentos cujas causas ignoramos.

Há sempre o recurso dos remédios que apagam o fogo. Sem fogo, o sofrimento diminui. E com isso a possibilidade da grande transformação. Imagino que a pobre pipoca, fechada dentro da panela, lá dentro, ficando cada vez mais quente, pense que a sua hora chegou: “vou morrer”.

De dentro de sua casca dura, fechada em si mesma, ela não pode imaginar destino diferente. Mas subitamente, a transformação acontece: pum! – e ela aparece como outra coisa, completamente diferente, algo que ela mesma nunca havia sonhado.

Mas existem pessoas PIRUÁS que, por mais que o fogo esquente, se recusam a mudar. Elas acham que não pode existir coisa mais maravilhosa do que o jeito delas serem. Ignoram o dito de Jesus: “Quem preservar a sua vida, perdê-la-á.” – A sua presunção e o seu medo são a dura casca do milho que não estoura. O destino delas é triste. Vão ficar duras a vida inteira.

Não vão se transformar na flor branca macia. Não vão dar alegria para ninguém.

Terminado o estouro alegre da pipoca, no fundo da panela ficam os piruás, que não servem para nada. Seu destino é o lixo.

Quanto às pipocas que estouraram, são adultos que voltaram a ser crianças e que sabem que a vida é uma grande brincadeira…

Beijo grande,

flavia

Para acessar ao vídeo do Segredo da Pipoca Perfeita diretamente no YouTube, clique no link a seguir: http://bit.ly/PipocaPerfeita

pipoca