Sempre repito a mais pura verdade: comecei a catalogar estas dicas domésticas aqui no DECORACASAS porque ninguém tinha me passado todos este “truques”, estes atalhos de como cuidar de uma casa de uma forma estruturada. E acho que por isso que me “encanto” com toda novidade, toda dica nova que alguém me fala. Tem muito conhecimento, muita prática, muito teste por trás de uma dica que “funciona”, que resolve um problemão.

Muitas vezes às pessoas não se dão conta, mas há um grande conhecimento nestas “trivialidades cotidianas”.

mancha de mofo

E foi em uma conversa assim, despretensiosa, que esta dica de como tirar manchas de mofo e bolor apareceu em minha vida.  Estava em Indaiatuba com a Keila, quando ela me disse: “Você precisa testar esta dica que me contaram. Tirou todo o mofo de uma toalhinha que meu marido esqueceu na chuva.” Tirar mancha de mofo? Gente esta era uma dica que eu perseguia há anos sem solução adequada! (Já tinha testado, sem sucesso algum, algumas delas e realmente estava desanimando neste assunto.)

E não é que deu certo? Olha que maravilha!

COMO TIRAR MANCHA DE MOFO E BOLOR

 Meu primeiro teste desta dica foi feito em um pano de prato branco com um barrado vermelho – além de saber se iria tirar o mofo, queria ver como o barrado vermelho se comportaria ou ficaria manchado. Para minha surpresa, nada de “anormal” aconteceu: a mancha saiu, e as cores se mantiveram.

Foi aí que mais uma pesquisa – agora com embasamento químico – apareceu: quando misturamos água sanitária + açúcar para tirar manchas de mofo e bolor as roupas coloridas não desbotam porque ao invés de atacar o corante, o cloro da água sanitária ataca o açúcar. Lembrando das aulas de química,  o hipoclorito de sódio (NaClO), princípio ativo da água sanitária, é um oxidante potente – tão oxidante que ataca o corante das roupas, por isso as manchas. O açúcar, por sua vez, é um redutor – com um poder de redução maior do que a maioria dos corantes. Assim sendo, nesta reação, o açúcar é oxidado ao invés do corante, o que explica cientificamente tudo.

Mas, como também ouvi relatos de pessoas que tiveram algumas peças manchadas utilizando esta mistura para eliminar manchas de mofo, tendo a concluir que existem diferentes formulações de corantes em diferentes peças de roupas, o que faz com que o teste prévio seja sempre feito.

Além disso vale sempre frisar também que quanto mais antiga a mancha de mofo ou bolor, mais difícil é a sua retirada. Vale, então, a regra de ouro para qualquer mancha: limpá-la o mais rápido possível.

Para acessar o vídeo diretamente (super recomendo, porque foi a melhor dica que já testei e gravei: fiquei fã dela!), clique neste link: http://bit.ly/ManchaMofo

Um beijo,

flavia