picolé de goiabada1

 

Desde que aprendi a fazer “aquela” tapioca de goiabada com queijo coalho da chef Morena Leite, goiabada virou item de primeira necessidade em minha despensa.  Virou e mexeu, pluft: a tapioca aparece em nossas mesas. As últimas foram feitas com uma goiabada especial daquelas “de verdade”com pedaços suculentos de goiaba, presente da minha amiga Alessandra. Usamos e abusamos – mas mesmo assim ainda sobrou um restinho no pote que, com o calor escaldante deste verão, acabou transformando-se em picolé de goiabada.

A receita inspiradora veio de outra querida, a Juliana do Pitadinha. E a execução mereceu palitos de madeira – acho que deixam a produção de picolés caseiros MUITO mais charmosa – e um tanto de diversão na cozinha. Eu deixei a pequena comandar o espetáculo da cozinha e depois ela trocou uma ida à sorveteria por uma degustação caseira dos picolés que ela mesma fez, bacana né? Aprendeu a dar um super valor às coisas feitas por nós mesmos.

Vamos à receita?

 picolé de goiabada2

PICOLÉ DE GOIABADA

INGREDIENTES

100 g de goiabada em pasta

2 potes de Iogurte Natural (eu uso sempre o desnatado)

MODO DE FAZER

Bata os ingredientes no liquidificador para misturar bem a goiabada ao iogurte. Prove.

Eu não adoço, porque acho que o doce da goiabada já é o suficiente para deixar estes picolés deliciosos, mas se o seu paladar pedir use açúcar ou adoçante culinário.

Coloque a mistura em formas para sorvete ou copinhos plásticos (improviso é tudo, gente!) e finalize com os palitos de madeira – a mistura é bem densa e recebe bem os palitos. Vale deixar no freezer por no mínimo quatro horas ou até endurecer bem.

Para desenformar, vale o truque de colocar as forminhas em água corrente: você verá como o picolé de goiabada sairá perfeito e sem esforço.

Aproveitem e deliciem-se com este picolé de goiabada!

Um beijo,

flavia

picolé de goiabada3