pata de elefante

terça-feira, 10 de fevereiro de 2009
A pata-de-elefante (Beaucarnea recurvata) é uma planta arbustiva,que apesar de se assemelhar-se às palmeiras, não é uma palmeira verdadeira. Ela é considerada um arbusto ou arvoreta, que pode alcançar cerca de 5 metros de altura quando adulta. Seu tronco é muito ornamental, geralmente único com a base dilatada, para o armazenamento de água. Uma adaptação para sobreviver por longos períodos de estiagem.

Tem um crescimento lento é utilizada largamente em interiores, pátios, sacadas e varandas.
Deve ser cultivada sob sol pleno, meia-sombra ou luz difusa, em solo fértil, bem drenável e irrigado a intervalos bem espaçados, para evitar o apodrecimento das raízes. É muito rústica, tolerando o calor e o frio, não suportando apenas o encharcamento.

Já perdi um exemplar encharcado – fiquei tristíssima. O da foto sobrevive sem maiores problemas na casa do meu pai. Está cada vez mais lindo e verde.
Para você checar se a sua pata de elefante está feliz e crescendo veja o centro dela. Se novas folhas (semelhantes a pequenos “cabelinhos”) estiverem nascendo, está tudo ok. Caso contrário veja a adubação e principalmente se não esta havendo um excesso de rega.

Olhando bem o meio da planta conferimos sua saúde
Quando perdi a encharcada, todas suas folhas ficaram murchas, murchas.
Não deixem que as suas também sofram com isto!
Beijocas e bom dia!

Você poderá gostar também...



Insira seu email e receba as novidades do blog!


Comentários do Facebook

16 Comentários para “pata de elefante

  1. Wlady, concordo com você quanto ao preço das patas, mas deixa eu te contar um segredinho: as duas patas que eu tive comprei por R$ 15,00.
    Tudo bem que eram mudinhas pequenas, mas com paciência elas crescem e nos encantam – e eu me divirto vendo o crescimento.
    Beijoca

    [Responder]

  2. Comprei a minha pata-de-elefante hj, faz tempo q venho olhando sua beleza mas no centro da cidade é mas cara para comprá-la dai comprei aqui pertinho de casa q tem um jardineiro me vendeu por r$2o,oo vinte reais. bjs

    [Responder]

    Flávia Ferrari Respondeu:

    Fez um ÓTIMO negócio, hein Marta?
    Adoro patas de elefante.
    Parabéns pela sua!!
    Beijos

    [Responder]

  3. Minha pata de elefante esta morrendo estou desesperada! Esta aparecendo um tipo de fungo nas folhas e esta ressecando as folhas o que devo fazer para não perde-la?
    Eu tenho o maior cuidado mas esses fungos estão cada vez mais aumentando.

    [Responder]

    Flávia Ferrari Respondeu:

    Arlete,
    caso seja mesmo fungo você deve tratá-la com remédio espefíco (antifúngico) pois eles irão realmente aumentar enquanto não forem controlados.
    Procure uma casa especializada em sua cidade para que possam lhe ajudar.
    Um beijo

    [Responder]

  4. Flávia, posso cortar a planta no caule? As folhas ultimas estao feias, parece que machucadas ,ou caiu algo . Se cortar nasce normalmente outras ? Elas vem nascendo pelo miolo né? E as que nascem agora estao feias, da para cortar?

    [Responder]

    Flávia Ferrari Respondeu:

    Fatima, não acho uma boa ideia cortar pelo miolo, pois minha impressão é que você pode matar a planta.
    Deixe-as crescer assim mesmo, e depois que houver outras mais fortes, você tira estas.
    Beijos

    [Responder]

  5. Gostaria de saber se posso cortar um pedaço da raiz da planta Pata de Elefante sem danificar . Me pediram um pedaço para fazer remédio. Obrigado

    [Responder]

    Flávia Ferrari Respondeu:

    Edna,
    Não sei lhe informar com toda certeza mas a princípio não se cortam raízes de plantas pois elas são as responsáveis pela nutrição.
    Se for um pedaço pequeno talvez não afete tanto – mas você terá que cuidar para que o corte na planta cicatrize bem e não seja porta de entrada para doenças.

    [Responder]

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>